segunda-feira, 7 de julho de 2014

SANGRANDO - GONZAGUINHA



                                         



        Faixa do disco "De volta ao começo", música visceral, profunda e corajosa.
        MarcosRodrigues trabalha em seu texto a parte da “transpiração” no processo de composição musical, a principal. Sem execução não há produto, como diz a bíblia: - No início era o verbo. Verbo é ação.
        A música “Sangrando” fala da parte emocional de uma letra de música, a entrega.
        Todo criador de arte, de qualquer uma de suas formas, só tem um trabalho digno de ser chamado de tal quando há entrega.
        Aristóteles já ensinava na antiga Grécia que arte é imitação, ou seja, verossimilhança. “Sangrando” tem todos esses elementos.
        Segue a letra da canção:

                                         
                                           SANGRANDO
                                           Música: Gonzaguinha
                                           Letra: Gonzaguinha
                                           Lp: De volta ao começo
                                           Ano:1980




Quando eu soltar a minha voz
Por favor, entenda
Que palavra por palavra
Eis aqui uma pessoa se entregando

Coração na boca
Peito aberto
Vou sangrando
São as lutas dessa nossa vida
Que eu estou cantando

Quando eu abrir minha garganta
Essa força tanta
Tudo que você ouvir
Esteja certa
Que estarei vivendo

Veja o brilho dos meus olhos
E o tremor nas minhas mãos
E o meu corpo tão suado
Transbordando toda a nossa emoção

E se eu chorar
E o sal molhar o meu sorriso
Não se espante, cante
Que o teu canto é a minha força
Pra cantar

Quando eu soltar a minha voz
Por favor, entenda
É apenas o meu jeito de viver
O que é amar

      Podemos inferir que a letra fala do valor de uma obra original. Uma vida não é igual a outra.
Falar de erros, ideias e opiniões e nada mais do que se expor ao julgamento alheio.
      O compositor sincero usa sua vida como matéria prima, a emoção dos palcos onde o resultado do trabalho e executado.
      O refrão sugere a emoção extravasada em lágrimas.
      Não se pode  esquecer que além de conviver na periferia Gonzaguinha tinha posições políticas de esquerda, o que lhe rendeu diversas letras censuradas.
      O final da letra que ele encerra separando com uma virgula as palavras finais: “o que é amar.Resumindo, toda a canção é sua forma de amar.
      Amar é vida, vida é entrega, quando a pessoa se entrega é como se ela sangrasse.





4 comentários:

  1. Viajando entre os seus textos...encontrei belíssimas reflexões sobre letras maravilhosas!!!
    parabéns pelo trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. A música retrata a relação conturbada com o pai, que além de distante, não aceitava a posição política do filho a também que ele seguisse uma carreira artística.

    ResponderExcluir
  4. Assista nossa versão #VOZeVIOLÃO para essa linda poesia musicada de #Gonzaguinha
    Link: https://youtu.be/KP8E-hqIOmk

    ResponderExcluir